Peter Zimmermann
1956, Freiburg, Alemanha

Peter Zimmermann nasceu em 1956, Freiburg, Alemanha. Actualmente, vive e trabalha em Colónia, Alemanha. Entre 1979 e 1984, estudou na Staatlichen Akademie der bildenden Künste, Estugarda, Alemanha. Participou em inúmeras exposições individuais e colectivas em importantes instituições e museus públicos e privados, em todo o mundo, de onde se destacam: Galeria Filomena Soares, Lisboa; ZKM, Karlsruhe, Alemanha; Neues Museum Weserburg, Bremen, Alemanha; Kunstmuseum Bonn, Bona, Alemanha; Kunsthalle, Nurembergue, Alemanha; Galerie Horach Moya, Palma de Maiorca, Espanha; Columbus Museum of Art, Ohio, E.U.A.; Galerie Emmanuel Perrotin, Paris e Hong Kong; Centro de Arte Contemporáneo, Malaga, Espanha; Crown Gallery, Bruxelas, Bélgica; Galerie Michael Janssen, Colónia, Alemanha; Kasseler Kunstverein, Kassel, Alemanha; Georg Kargl, Viena, Áustria; Albright Knox Museum, Buffalo, E.U.A.; e Liverpool Biennial, Reino Unido.

O seu trabalho está presente em importantes colecções públicas em todo o mundo, tais como: Fondation Cartier Pour l’Art Contemporain, Paris; Musée d’Art moderne de la Ville de Paris; Centre Pompidou, Paris; Museum Moderner Kunst, Frankfurt, Alemanha; Neue Galerie, Graz, Áustria; Museum of Fine Arts in Boston, E.U.A.; MoMa, Nova Iorque, E.U.A., e Centro de Artes Visuales Helga de Alvear, Cáceres, Espanha. A sua obra encontra-se publicada em diversas monografias, dando-se destaque a: Peter Zimmermann painting, Hubertus Butin, ed. Hatje Cantz Verlag, Bona, Alemanha, 2007; e Peter Zimmermann – works since 1987, Andrea Madesta, Museum Moderner Kunst Kärnten, ed. Snoeck Verlag, Colónia, Alemanha, 2009. As pinturas de Peter Zimmermann reinterpretam o ato tradicional da pintura em relação ao modernismo e ao movimento do Campo de Cores. O artista começa a trabalhar recolhendo as imagens que adquiriu, quer fisicamente, quer por digitalização, e depois deforma estas imagens no seu computador. As imagens que agora se tornaram irreconhecíveis são transferidas para a tela e dadas formas por meio de resina colorida derramada sobre elas. Pode-se dizer que estas composições de Zimmermann, famosas pelo uso de epoxy há mais de 20 anos, são os produtos do seu talento em transformar a sua perceção de cor e luz, criando assim uma espécie de interação alquímica entre a obra e o espectador.

OBRAS

Obras Selecionadas

Algumas das

Exposições

Peter Zimmermann

A Galeria Filomena Soares apresenta um conjunto de novas pinturas do artista alemão Peter Zimmermann (1956, Freiburg), de 29 de Março a 19 de Maio de 2012. A inauguração decorrerá no dia 29 de Março - 5.º feira - pelas 21h30 com a presença do artista.

Peter Zimmermann | New Paitings

A Galeria Filomena Soares exibe, na Sala I, a exposição "New Paintings" na qual apresenta obras de um dos mais singulares representantes do abstraccionismo contemporâneo, o alemão Peter Zimmermann.

Notícias

Nenhum Resultado Encontrado

Não existem artigos correspondentes nesta secção.

morada

Rua da Manutenção nº 80 (Xabregas)
1900-321 Lisboa | Portugal

Autocarro: 718, 728, 739, 742, 759

Horário

Terça-feira a Sábado das 10h às 19h
Domingo e Segunda-feira: Fechado

contactos

info@gfilomenasoares.com

T: +351 218 624 122
Chamada para a rede fixa nacional

M: +351 962 373 956
Chamada para a rede móvel nacional

Redes sociais

Newsletter