Herbert Brandl
1959, Austria em

Herbert Brandl nasceu em Graz, Austria em 1959, e estudou na Hochschule für angewandte Kunst, Viena. Desde 2004, é Professor na Kunstakademie Düsseldorf, Alemanha. Em 1989, participa na 20.ª Bienal de São Paulo, Brasil e em 1992, participa na Documenta IX, em Kassel, Alemanha. Em 1994 vence o Prix Eliette von Karajan e em 1997 o Prémio Cidade de Viena, Áustria. Em 2007 representa a Áustria na Bienal de Veneza e em 2005 na Expo de Aichi no Japão.Realiza exposições individuais desde 1981, de onde se destacam das mais recentes: Mondo Tondo (2011), Galerie Bärbl Grässlin, Frankfurt; Schmieragen (2010), Galerie Elisabeth & Klaus Thoman, Innsbruck, Áustria; Blade Flow (2010), Galerie nächst St. Stephan, Rosemarie Schwarzwälder, Viena; Berge un Landschaften. Monotypien 2009/2010 (2010), Albertina Säulenhalle, Viena; Herbert Brandl, Malerei (2009), Deichtorhallen, Hamburgo; e Herbert Brandl – Otto Zitko (2006), Galeria Heinrich Ehrhardt, Madrid.

Participa em exposições colectivas desde 1982, de onde se destacam: Die 80er: Neue Malerei-collected #1 (2011), Bank Áustria Kunst, Viena; Realität und Abstraktion (2011), Museum Liaunig, Neuhaus, Bélgica; Malerei: Prozess und Expansion (2010), Museum Moderner Kunst, Stiftung Ludwig, Viena; Antes de ayer y pasado manana; o lo que puede ser pintura hoy (2009), MACUF Museo de Arte Contemporaneo Union Fenosa, Coruna, Espanha; Serralves 2009 – A Colecção (2009), Museu Serralves Museu de Arte Contemporânea, Porto; Private Passion, Public Visions (2008), MARCO, Vigo, Espanha; No Leftovers (2008), Kunsthalle Bern, Berna, Suíça; e The Immediate Touch (2008), Saint Louis Art Museum, Saint Louis, E.U.A. As suas obras encontram-se em coleções, tais como: Museum Liaunig, Neuhaus, Áustria; FRAC – Nord-Pas de Calais, Dunquerque, França; Musée d´Art Moderne de la Ville de Paris – MAM/ARC, Paris, França; Saint Louis Art Museum, Saint Louis, EUA; Kunsthalle Bern, Berna, Suiça; Museum Würth, Künzelsau, Alemanha; Museum Frieder Burda, Baden-Baden, Alemanha.

Com as suas imagens em grande formato, Herbert Brandl está ao lado dos pintores contemporâneos de maior sucesso na Áustria. A paisagem como tema tem sido sempre dominante na sua obra, que alterna entre a abstração do pintor e a objetividade. Desde a viragem do novo milénio, a paixão de Brandl pela monumentalidade das paisagens de montanha tornou-se cada vez mais evidente. Utilizando vários formatos e técnicas, o pintor reinterpretou o tema das montanhas, brincando com gestos expressivos, espaços de cores abstratas e formas maciças. Herbert Brandl utiliza uma variedade de formatos e técnicas para capturar o motivo da montanha, brincando com gestos expressivos, espaços de cor e estruturas moldadas que desmantelam o mundo familiar que nos rodeia.

OBRAS

Obras Selecionadas

Algumas das

Exposições

Herbert Brandl | RIOSBRANDL2015

A Galeria Filomena Soares tem o prazer de apresentar, pela segunda vez no seu espaço expositivo, as mais recentes obras do pintor austríaco HERBERT BRANDL (Graz, 1959).

Herbert Brandl | Schönwetterstress

A Galeria Filomena Soares apresenta a exposição de pintura do artista austríaco Herbert Brandl (Graz, 1959) Schönwetterstress, de 22 de Setembro a 12 de Novembro.

Notícias

morada

Rua da Manutenção nº 80 (Xabregas)
1900-321 Lisboa | Portugal

Autocarro: 718, 728, 739, 742, 759

Horário

Terça-feira a Sábado das 10h às 19h
Domingo e Segunda-feira: Fechado

contactos

info@gfilomenasoares.com

T: +351 218 624 122
Chamada para a rede fixa nacional

M: +351 962 373 956
Chamada para a rede móvel nacional

Redes sociais

Newsletter