exposições

2008-01-17 | 2008-02-29

ALLISON CORTSON
Gathering
17.01 - 29.02.2008

 

A Galeria Filomena Soares tem o prazer de apresentar a primeira exposição individual da artista Allison Cortson em Portugal, com o título Gathering, que irá inaugurar a 17 de Janeiro e decorrerá até 29 de Fevereiro de 2008.


A exposição consiste em 12 pinturas de grande escala executadas com pós, epoxy e óleo sobre tela.
As figuras apresentadas nas suas pinturas, suas conhecidas, são transferidas para ambientes com pó que é recolhido dos aspiradores durante um período de vários meses. Os retratos são representados de forma realista em óleo enquanto que o cenário é desenhado em pó com epoxy sobre a tela. O universo de Allison Cortson descreve, desta forma, a representação de atmosferas assombrosas e assombradas consolidadas com o sentimento da artista de que o pó é "o resto da nossa existência e degeneração".

"Os meus interesses sobre a investigação do nosso mundo através da física e biologia, são reflectidos na minha actividade. Actualmente, no meu trabalho, interessa-me a representação da figura através da minha série "Dust Paintings". Para estas pinturas, eu fotografo os protagonistas nas suas residências. Depois recolho o pó das suas casas durante um período de alguns meses, utilizando os seus aspiradores. O pó chega às nossas casas como restos da nossa própria existência e degeneração, uma vez que chega a ser 70% de pele humana. (...) Os seus animais de estimação e outros seres vivos também são incluídos, porque as suas partículas são também parte constituinte do pó."1


"Por um lado, a pintura de Cortson é uma lição nos processos da matéria e do espaço, criando inclusive sugestões sobre o tempo. Sabemos, por exemplo, que a matéria é na sua maioria, espaço vazio. Torna-se então possível, que quase tudo o que vemos, é uma ilusão, ou pelo menos uma transparência.
De acordo com as leis da física, nós, os humanos, e tudo o que nos rodeia, está continuamente a desintegração e regeneração. Mas para revelar a verdade, a ciência é na sua grande parte um começo, mero comentário intelectual sobre o mundo natural. Apenas a arte tem o poder de tocar nas nossas emoções mais profundas e afiar as nossas introspecções (...)"2


Allison Cortson nasceu em Santa Mónica, Califórnia em 1978.
Recebeu a sua licenciatura em Arte pela Universidade da Califórnia, Los Angeles (2001) e o Mestrado pelo Instituto de Arte da Califórnia (2003).
Actualmente vive e trabalha em Los Angeles.