Galeria

Ângela Ferreira e Vasco Araújo convidados a participar na 28ª Bienal de São Paulo

2008-07-31

Ângela Ferreira e Vasco Araújo na 28ª Bienal de São Paulo A Fundação Bienal de São Paulo apresenta a lista de artistas convidados para a 28ª Bienal de São Paulo. Os curadores Ivo Mesquita e Ana Paula Cohen seleccionaram 40 artistas de 20 diferentes nacionalidades para o evento, que ocorrerá entre os dias 26 de Outubro e 06 de Dezembro, a saber:

1 - Alexander Pilis (Rio de Janeiro, Brasil, 1954. Vive em Barcelona)
2- Allan McCollum (Los Angeles, EUA, 1944. Vive em Nova York)
3- Ângela Ferreira (Maputo, Moçambique, 1958. Vive em Lisboa)
4- Armin Linke (Milão, Itália, 1966. Vive em Milão)
5- assume vivid astro focus (Formado em 2000. Baseado em Nova York e Paris)
6- Carla Zaccagnini (Buenos Aires, Argentina, 1973. Vive em São Paulo)
7- Carlos Navarrete (Santiago, Chile, 1968. Vive em Santiago)
8- Carsten Höller (Bruxelas, Bélgica, 1961. Vive em Estocolmo)
9- Cristina Lucas (Jaén, Espanha, 1973. Vive em Madri)
10-  Dora Longo Bahia (São Paulo, Brasil, 1961. Vive em São Paulo)
11-  Eija-Liisa Ahtila (Hämeenlinna, Finlândia, 1959. Vive em Helsinque)
12-  Erick Beltrán (Cidade do México, México, 1974. Vive em Barcelona)
13-  Fernando Bryce (Lima, Peru, 1965. Vive em Berlim)
14-  Fischerspooner (Formado em Nova York, EUA, 1998. Vivem em Nova York)
15-  Gabriel Sierra (San Juan de Nepomuceno, Colômbia, 1975. Vive em Bogotá)
16-  Goldin+Senneby (Formado em Estocolmo, Suécia, 2004. Vivem em Estocolmo)
17-  Iran do Espírito Santo (Mococa, Brasil, 1963. Vive em São Paulo)
18-  Israel Galván (Sevilha, Espanha, 1973. Vive em Sevilha)
19-  Javier Peñafiel (Zaragoza, Espanha, 1964. Vive em Barcelona)
20-  João Modé (Resende, Brasil, 1961. Vive no Rio de Janeiro)
21-  Joan Jonas (Nova Iorque, EUA, 1936. Vive em Nova York)
22-  Joe Sheehan (Nelson, Nova Zelândia, 1976. Vive em Wellington)
23-  Leya Mira Brander (São Paulo, Brasil, 1976. Vive em São Paulo)
24-  Los Super Elegantes (Formado em San Francisco, EUA, 1995. Vivem em Los Angeles)
25-  Mabe Bethônico (Belo Horizonte, Brasil, 1966. Vive em Belo Horizonte)
26-  Marina Abramović (Belgrado, ex-Iugoslávia, 1946. Vive em Nova York)
27-  Matt Mullican (Santa Mônica, EUA, 1951. Vive em Nova York)
28-  Maurício Ianês (Santos, Brasil, 1973. Vive em São Paulo)
29-  Mircea Cantor (Oradea, Romênia, 1977. Vive em Paris)
30-  Nicolás Robbio (Mar Del Plata, Argentina, 1975. Vive em São Paulo)
31-  O Grivo (Formado em Belo Horizonte, Brasil, 1990. Vivem em Belo Horizonte)
32-  Paul Ramirez Jonas (Pomona, EUA, 1965. Vive em Nova York)
33-  Peter Friedl (Oberneukirchen, Áustria, 1960. Vive em Oberneukirchen)
34-  Rivane Neuenschwander (Belo Horizonte, Brasil, 1967. Vive em Belo Horizonte)
35-  Rodrigo Bueno (São Paulo, Brasil, 1967. Vive em São Paulo)
36-  Rubens Mano (São Paulo, Brasil, 1960. Vive em São Paulo)
37-  Sarnath Banerjee (Calcutá, Índia, 1972. Vive em Nova Délhi)
38-  Sophie Calle (Paris, França, 1953. Vive em Paris)
39-  Valeska Soares (Belo Horizonte, Brasil, 1957. Vive em Nova York)
40-  Vasco Araújo (Lisboa, Portugal, 1975. Vive em Lisboa)

Entre os artistas seleccionados para a 28ª Bienal de São Paulo, 27 deles estão a realizar trabalhos para a exposição: Alexander Pilis, Ângela Ferreira, assume vivid astro focus, Carla Zaccagnini, Carlos Navarrete, Carsten Höller, Dora Longo Bahia, Erick Beltrán, Fischerspooner, Gabriel Sierra, Goldin+Senneby, Iran do Espírito Santo, Javier Peñafiel, João Modé, Leya Mira Brander, Los Super Elegantes, Mabe Bethônico, Maurício Ianês, Mircea Cantor, Nicolás Robbio, O Grivo, Paul Ramirez Jonas, Rivane Neuenschwander, Rodrigo Bueno, Rubens Mano, Sarnath Banerjee e Valeska Soares. 

Projectos especiais

Os curadores Ivo Mesquita e Ana Paula Cohen convidaram quatro projectos interdisciplinares para integrar a programação da 28ª Bienal de São Paulo. São eles:
 
1 - "Archivo Abierto" - Centro de Documentación de las Artes, Centro Cultural Palacio la Moneda (Santiago, Chile)
2 - CINEMA CAPACETE (Rio de Janeiro, Brasil)
3 - Ivaldo Bertazzo (São Paulo, Brasil)
4 - Weightless Days (Ângela Detanico & Rafael Lain [Brasil], Megumi Matsumoto & Takeshi Yazaki [Japão], Dennis McNulty [Irlanda]).

 

Residências

Em parceria com o programa internacional de residências do Edifício Lutetia da Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP, a 28ª Bienal de São Paulo convidou seis artistas para desenvolverem seus projectos na cidade de São Paulo. São eles: Erick Beltrán (México), Gabriel Sierra (Colômbia), Goldin+Senneby (Suécia), Javier Peñafiel (Espanha) e Sarnath Banerjee (Índia). Como parte da cooperação entre a FAAP e a Fundação Bienal de São Paulo, os artistas em residência no Edifício Lutetia apresentarão palestra sobre seus trabalhos e, mais tarde, desenvolverão outras actividades com os alunos da Faculdade de Artes Plásticas. Detalhes dos projectos dos artistas residentes serão divulgados oportunamente.

   

Vídeo Lounge

O artista Wagner Morales será o curador assistente responsável pela selecção de vídeos e filmes que serão exibidos no Vídeo Lounge da 28ª Bienal de São Paulo.  O espaço será composto por quatro "células de exibição" - construções desenvolvidas especialmente para o público acompanhar diferentes ciclos de vídeos - além de uma videoteca instalada dentro da biblioteca da mostra. Ainda, alguns ciclos de filmes/vídeos serão apresentados no auditório do 3º andar, no decorrer das seis semanas de mostra, num ambiente próximo ao de salas de cinema.

Em São Paulo estarão ainda presentes a artista plástica Helena Almeida e a curadora Isabel Carlos para participarem num ciclo de conferências.

 28ª Bienal de São Paulo "em vivo contato"
Curador chefe: Ivo Mesquita
Curadora-adjunta: Ana Paula Cohen
26 de outubro a 06 de dezembro de 2008
Pavilhão Ciccillo Matarazzo - Pq. Ibirapuera

Mais informações:
Assessoria de imprensa - 11 5576-7637
Felipe Taboada - felipe@bienalsaopaulo.org.br
Bruna Azevedo - bruna@bienalsaopaulo.org.br

http://bienalsaopaulo.globo.com/

 

 

- ÂNGELA FERREIRA
For Mozambique (Model #3 for propaganda stand, screen and loudspeaker
platform celebrating a pos-independence utopia)

Ângela Ferreira apresentará na 28° Bienal de São Paulo "For Mozambique model #3", a terceira instalação de uma série de trabalhos onde aprofunda o tema da arquitectura e da construção do espaço social. A artista desenvolve um trabalho de investigação, relacionado ao período de efervescência sociocultural em Moçambique, imediatamente após a independência, tema particularmente pertinente também no contexto do Brasil e da Bienal.

 

 

- VASCO ARAÚJO, entre outras obras, o artista apresentará na próxima edição da Bienal de São Paulo, entre outras, a performance "Some Enchanted Evening"

"Some Enchanted Evening", performance composta por seis homens musculados de tanga, um vestido de tule e lantejoulas - preto, branco, azul e cinzento e um cantor lírico. A música é de Rodgers Hammerstein.


Some Enchanted Evening
Some enchanted evening
You may see a stranger
You may see a stranger across a crowded room
And somehow you know,
You know even then
That somewhere you'll see her again and again
Some enchanted evening
Someone may be laughing
You may hear her laughing across a crowded room
And night after night,
As strange as it seems,
The sound of her laughter will sing in your dreams
Who can explain? Who can tell you why?
Fools give your reasons, wise men never try
Some enchanted evening
When you find your true love,
When you feel him call you across a crowded room
Then fly to her side and make her your own
Or all through your life you may dream all alone
Once you have found her never let her go
Once you have found her never let her go